Uma Apaixonada !!

Sou eu ! Por tudo o que faço… 

     Por um momento, achei que EU não ía na #festadaduda, sim, na minha festa!! Sério!! Fiquei dias trabalhando da manhã à noite ( Luiza na praia com a vovó), fazendo convites, com medo de esquecer de alguém… e se não fosse ninguém ? 

     Ansiosa… Nervosa…. Teve uma hora que a Gabi Albuquerque veio pra minha casa, preocupada comigo.. 

     Foram dias acertando as parcerias, os mimos, os convites, banner, o local da festa, o vídeo da festa, minha cerimonialista, o fotógrafo… E vai dormir depois de encher a cabeça com tudo isso ?? Isso sem falar no trabalho de Assessoria de Imprensa - que é o meu trabalho - dos vídeos que estou fazendo no meu Canal do Youtube e das minhas mídias sociais. Como esquecer dos meus fiéis seguidores ?? Im-pos-sí-vel !!! 

     E sempre foi assim. Quando eu ainda tava na Faculdade de Jornalismo, meu Professor Luiz Adolfo me chamou pra fazer um estágio na Zero Hora, como diagramadora. Nunca pensei em "desenhar" as páginas do Jornal, mas era a chance de entrar no mercado. E em especial, no grupo RBS. Lá fui eu, lápis e borracha na mão viver o dia a dia frenético de uma redação de jornal (sim, naquele tempo não tinha toda esta tecnologia pra ajudar), era na correria mesmo, bafo na nuca. Editor de olho apressando as diagramadoras ( né, Adri Velasco ??) pra baixar as páginas do outro dia. De rabisco em rabisco, fui me apaixonando pelo Jornalismo, cada vez mais. Fui contratada.

     Faltava repórter no fim de semana e adivinha ?? Lá ía eu, feliz da vida, fazer o que eu sempre quis : contar histórias !! Eis que a TVCom surgiu, fiz teste de vídeo ( queria ser repórter !) mas.. a vaga que sobrou pra mim foi a de rádio escuta. Pensa nisso. A pessoa sentada com fone, ouvindo o rádio o tempo todo e digitando TODAS as notícias que eram dadas nos Correspondentes Ipiranga, Renner… etc… enquanto o telefone tocava e eu atendia. Os repórteres chamavam no radinho da redação e eu atendia. E a Rosane Marchetti gritava lá do outro lado da redação, Duda !! Fechou o entrevistado ? E eu respondia. Sim, eu ajudava também a produzir as entrevistas. Praticamente um polvo ! Um polvo feliz !

     Então minha mão ( sim, minha mão!) apareceu no Jornal do Almoço pela primeira vez numa coletiva de imprensa. Avisei a família toda! Foi incrível ! Depois disso, comecei a aparecer na TV com frequência e a mesma paixão. Só mesmo o amor pela profissão faz a gente acordar por 7 anos às 4h da manhã pra apresentar o Bom Dia Rio Grande. E como eu amava!!! Cara amassada, sono e, acreditem, bom humor. Que turma gostosa, quantos amigos apaixonantes.. 

Reportagem, esporte, estúdio, viagens.. e uma dedicação que me fez esquecer da rotina, da minha vida. Deixava tudo para segundo plano. Ou terceiro. Quarto… Menos mal que a minha família sempre entendeu. Meus "namorados", nem tanto.. minha paixão era outra !! 

E como é bom estar apaixonada de novo…. Dessa vez, por outros desafios. Sou assim, me jogo nas coisas em que acredito. Me entrego, me dedico, deixo meu coração me levar. E que ele me leve de novo, à felicidade !!

 

 

ÚLTIMAS PUBLICAÇÕES